Grafite em muros de empresa conta a história e enaltece a cultura de Muçum

Iniciativa da empresa Decibal Móveis, pretende presentear o município

Arte de rua enaltece pontos turísticos e aspectos históricos

Através da arte de rua, com autoria dos artistas Rafael “Apa” Ferreira e Guilherme “Ufa” Cavion, de Caxias do Sul, a Decibal Móveis, conta a história e enaltece a cultura de Muçum. A obra, que acontece nos muros da própria empresa, sendo toda subsidiada pela mesma, sem patrocínios e custos ao Poder Público, segue uma sequência de fatos que retratam a colonização, religiosidade, festividades e engenharia militar, uma das principais marcas da Princesa das Pontes.

O principal objetivo da Decibal, que neste ano chega ao seu quadragésimo aniversário, é presentear o município. O empresário, Nelson Civardi, salienta que a homenagem retrata a história da colonização e preserva a memória da imigração que colonizou a região. “Um dos focos importantes é fomentar o turismo cultural agregando atração diferenciada na localidade e democratizar a cultura, criando um espaço de arte acessível à toda população”, ressalta o empresário, que pede a comunidade, para que cuide do muro, evite pichações ou qualquer outra avaria.

A previsão é que a pintura que iniciou em março, tendo interrupções e atrasos devido a pandemia, esteja pronta até o início da próxima semana. Com 220 metros de extensão e 500 m², Rafael destaca que este será um dos maiores murais do Estado. Ele conta que conheceu a história de Muçum através de uma visita, tempos antes de iniciar os trabalhos, quando registrou através de fotos os principais pontos. Ele atua no ramo da arte de rua há cinco anos, porém é a primeira vez que desenvolve algo com esta temática.  “Contar a história de um município através de um mural, é a primeira vez”.

 O que é o Grafite?

A arte do grafite é uma forma de manifestação artística em espaços públicos. A definição mais popular diz que o grafite é um tipo de inscrição feita em paredes. Existem relatos e vestígios dessa arte desde o Império Romano. Seu aparecimento na Idade Contemporânea se deu na década de 1970, em Nova Iorque, nos Estados Unidos. Alguns jovens começaram a deixar suas marcas nas paredes da cidade e, algum tempo depois, essas marcas evoluíram com técnicas e desenhos.

Ele foi introduzido no Brasil no final da década de 1970, em São Paulo. Hoje, o estilo nacional é reconhecido entre os melhores de todo o mundo.

Post criado 9

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo