Selo Turismo Responsável visa amenizar impactos da pandemia

Secretaria do Turismo trabalha auxiliando empreendedores com cadastro

Iniciativa pretende oferecer segurança para que turistas voltem a frequentar estabelecimentos voltados ao setor

A pasta do Turismo de Muçum trabalha auxiliando empreendedores do ramo de turismo a realizarem o cadastro no programa Turismo Responsável, promovido pelo Ministério do Turismo, cujo tem como objetivo amenizar os impactos da pandemia e preparar todo o setor para uma retomada gradual das atividades. Por isso, o ministério criou um selo para aqueles empreendimentos que adotarem boas práticas de higienização e de prevenção à Covid-19.

A ideia é distribuir este em diversos segmentos de mercado. Entre esses, estão meios de hospedagem; agências e guias de turismo; transportadoras; organizadores de eventos; parques temáticos; acampamentos turísticos; restaurantes, cafeterias, bares e similares; centros ou locais destinados a convenções, feiras ou exposições; parques aquáticos e empreendimentos dotados de equipamento de entretenimento e lazer; e marinas de apoio ao turismo náutico ou à pesca desportiva; e casas de espetáculos.  Para ter acesso ao selo, as empresas e guias de turismo precisam estar devidamente inscritos no Cadastur (Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos). Mais informações podem ser acessadas em: http://www.turismo.gov.br/seloresponsavel/.

A secretária da pasta de Muçum, Jacinta Casagrande, conta que esteve nos últimos dias em visita a alguns estabelecimentos, onde tem procurado sanar dúvidas referentes ao programa. Ela coloca as funcionárias da pasta à disposição para auxiliar com o cadastro. “É um programa muito importante para que os estabelecimentos voltados ao setor voltem a funcionar normalmente, assim que baixar os índices de proliferação da Covid-19. Ele oferecerá certa segurança aos turistas e demais clientes”, avalia.

Por desfrutar de belezas arquitetônicas, através de suas pontes, túneis e viadutos, além de diversas outras belezas naturais, cada vez mais, Muçum recebe a procura de turistas. No entanto, segundo Jacinta, a pandemia tem sido um empecilho, visto que o crescimento gradual do setor foi interrompido de uma hora para outra. “Mesmo com restrições e orientações para ficarem em casa, alguns visitantes ainda procuram nossa cidade. No entanto, algumas promoções tiveram que ser interrompidas. Por isso, a baixa é significativa e o comércio tem sentido essa redução. No momento, nosso trabalho se restringe a preparar o município para uma retomada. Acreditamos que, em breve, poderemos divulgar algumas iniciativas que trabalhamos neste sentido”, comenta.

Post criado 9

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo